O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

25 fevereiro 2010

No DZ


A conferir no "Diário da Zambézia" de hoje, aqui.

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

E o caso da violacão de uma menor por um polícia? Arrepia de doer!

25/2/10 9:42 da manhã  
Anonymous ricardo said...

E com idiotices bispais dessas que nos vamos destacando no HIV/SIDA.

Mas ha memoria, por isso recordamos que Galileo Galilei foi "negado" durante 5 seculos por personagens da mesma cartilha.

Estudasse o sr. Bispo o exemplo do Malawi, onde o combate ao HIV/SIDA esta a ser vencido com preservativos e religiao de bracos dados. E com grande fervor religioso.

Diria ate, conventual!

25/2/10 6:50 da tarde  
Anonymous Reflexões de um ateu said...

Não surpreende, pois essa é a posição da Igreja católica e obviamente defendida pelo papa Bento XVI. A biblia é um livro sagrado e tudo que está lá escrito não pode ser refutado!

“Essa coisa do preservativo só incita a sexualidade”

Acho que o sexo é um instinto básico animal. Vejam o que acontece com os própios padres sujeitos a castidade e celibato: violam rapazinhos!

26/2/10 9:48 da manhã  
Blogger Reflectindo said...

Bom, li o que se diz sobre as declaracões do bispo de Quelimane. O bispo não disse que HIV-SIDA não existia, o que é bom. Ele apenas falou do que crê como maneira de prevenir o HIV-SIDA que é a fidelidade. Acho ser irrefutável que fidelidade seja um dos métodos de prevencão. Pode ser um método difícil e duro para alguns, mas é método. Não é?
Por outro lado, a igreja, tem os seus princípios e um deles é a fidelidade, se há quem não concorda com este princípio é do seu direito. Se um indivíduo for cristão respeita este princípio ou viola-o duma forma discreta.

Dom Hilário, falou de andar-se com preservativos nos bolsos o que realmente deviamos reflectir sobre o significado. Será que se alguém apanhar camisinha no bolso da esposa, ou a esposa no bolso do marido, não fica intrigado/a?
Mesmo em países liberais da Europa nunca vi pessoas a comprarem camisinhas como se fossem cigarros.

26/2/10 6:53 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home